"Desafiando" a gravidade

- segunda-feira, 30 de março de 2009
O artista chinês Li Wei, de 38 anos, nascido em Hubei na China e atualmente morando em Pequim, está expondo em diversos países do mundo fotos onde aparenta desafiar a gravidade, caindo de prédios e janelas, usando guindastes, espelhos e fios praticamente invisíveis para criar - com o mínimo de manipulação digital - imagens onde aparece "voando" de prédios ou pairando sobre a água. Ele também usa seu treinamento em artes marciais para dar mais realidade às imagens.

Confira algumas imagens:














A Evolução do Celular

- quarta-feira, 25 de março de 2009
Do simples envio de mensagens escritas à recepção de filmes e programas de TV, passando por câmeras digitais, teleconferências, acesso à Internet, noticiários, troca de arquivos de computador e a incorporação de sistemas de telelocalização, hoje, os celulares são capazes praticamente de tudo! A disponibilidade de novas funções, fazem com que o celular deixe de ser um mero telefone e passe a ser um suporte eletrônico para as mais diversas ações. A busca por essas novas tecnologias é uma constante para todas as operadoras, e sempre surgirão novos itens para atender a novas demandas.

Um vídeo interessante sobre esta evolução:



Um pouco da história:

O surgimento do celular é um capítulo da história do telefone, mas está mais ligado à invenção do rádio. O telefone, criado pelo escocês Alexander Graham Bell em 1876, foi inspirado pelo telégrafo, que conseguia transmitir mensagens entre pontos distantes. Porém, as informações eram em códigos e não em sons.
Graham Bell conseguiu adaptar a tecnologia transmitindo a voz através de um fio. Porém, com os primeiros aparelhos não era possível falar e ouvir ao mesmo tempo. Este feito só foi conseguido mais tarde pelo americano Thomas Edison.
Em 1888, Heinrich Hertz conseguiu produzir as primeiras ondas de rádio e descobriu que, pelas mesmas, havia a possibilidade de transmitir informações no ar. Esta invenção foi fundamental para a invenção do rádio, e propiciou também que fosse realizada a primeira ligação telefônica entre dois continentes (1914), e a criação do telefone sem fio (1967), elementos fundamentais para se chegar ao celular (1973).
A primeira chamada de um telefone celular foi realizada em 3 de abril de 1973, em Nova York (EUA), por Martin Cooper, então gerente geral da Motorola. O aparelho utilizado pesava cerca de um quilo e media de 25cm de comprimento por 7cm de largura, com uma bateria que se esgotava após 20 minutos de conversa.
Apesar da comunicação móvel ser conhecida desde o início do século XX, somente em 1947 passou a ser desenvolvida pelo Laboratório Bell, nos Estados Unidos. No início, os aparelhos pesavam meio quilo e os assinantes pagavam 20 mil dólares para entrar no sistema. Entre 1970 e 1980, Suécia e Japão ativaram suas próprias tecnologias. Na década de 80, a tecnologia já estava sendo usada em quase todos os países. A nova revolução do celular, gerou a tecnologia do celular digital.
A evolução da telefonia móvel desdobrou-se em diferentes tecnologias no que se refere à qualidade de operações e à possibilidade de serviços. Os sistemas digitais que primeiro se estabeleceram no mercado são o TDMA, o CDMA e o GSM.
O Brasil superou as expectativas da quantidade de celulares. A previsão era de que, em 2005, o número de celulares atingiriam a mesma quantidade dos telefones fixos, mas, esses números foram ultrapassados. Em fevereiro de 2004 a Anatel registrou a existência de 47.865.593 milhões de celulares, enquanto os números de telefones fixos não passou de 40 milhões. Em 2006, os números praticamente duplicaram. Já são mais de 90 milhões de celulares em todo o território nacional.
A concorrência e a busca em atrair os consumidores, tornou as empresas de telefonia, e as fabricantes de aparelhos celulares, as maiores anunciantes do mercado publicitário.
Dos primeiros aparelhos analógicos, a tecnologia evoluiu para a segunda geração, os sistemas digitais e hoje , no Brasil, está atingindo o nível 3G, a terceira geração dos telefones celulares. O CDMA é a tecnologia escolhida para a terceira geração de celulares pois apresenta melhor performance entre as disponíveis para a transmissão de dados via celular.

*********************************

O Samurai no Toilet




xD

No Caminho dos Sonhos...

- sábado, 14 de março de 2009


Para ver a imagem ampliada, clique na imagem. ^^

Pérolas, pérolas e mais pérolas - Parte 2

- segunda-feira, 9 de março de 2009
  • Lavoisier foi guilhotinado por ter inventado o oxigênio.
  • O nervo ótico transmite idéias luminosas.
  • O vento é uma imensa quantidade de ar.
  • O terremoto é um pequeno movimento de terras não cultivadas.
  • Os egípcios antigos desenvolveram a arte funerária para que os mortos pudessem viver melhor.
  • Péricles foi o principal ditador da democracia grega.
  • O problema fundamental do terceiro mundo é a superabundância de necessidades.
  • O petróleo apareceu há muitos séculos, numa época em que os peixes se afogavam dentro d’água.
  • A principal função da raiz é se enterrar.
  • A igreja vem perdendo muita clientela.
  • O Sol nos dá luz, calor e turistas.
  • As aves têm na boca um dente chamado bico.
  • A unidade de força é o Newton, que significa a força que se tem que realizar em um metro da unidade de tempo, no sentido contrário.
  • Lenda é toda narração em prosa de um tema confuso.
  • A harpa é uma rosa que toca.
  • A febre amarela foi trazida da China por Marco Polo.
  • Os ruminantes se distinguem dos outros animais porque o que comem, comem por duas vezes.
  • O coração é o único órgão que não deixa de funcionar 24 horas por dia.
  • Quando um animal irracional não tem água para beber, só sobrevive se for empalhado.
  • A insônia consiste em dormir ao contrário.
  • A arquitetura gótica se notabilizou por fazer edifícios verticais.
  • A diferença entre o Romantismo e o Realismo é que os românticos escrevem romances e os realistas nos mostram como está a situação do país.
  • O Chile é um país muito alto e magro.
  • As múmias tinham um profundo conhecimento de Anatomia.
  • O batismo é uma espécie de detergente do pecado original.
  • Na Grécia, a democracia funcionava muito bem, porque os que não estavam de acordo, se envenenavam.
  • A prosopopéia é o começo de uma epopéia.
  • Os crustáceos fora d’água respiram como podem.
  • Os hermafroditas nascem unidos pelo corpo.
  • As glândulas salivares só trabalham quando a gente têm vontade de cuspir.
  • A fé é uma graça através da qual podemos ver o que não vemos.
  • Os estuários e os deltas foram os primeiros habitantes da Mesopotâmia.
  • O objetivo da Sociedade Anônima é ter muitas fábricas desconhecidas.
  • A Previdência Social assegura o direito à enfermidade coletiva.
  • O Ateísmo é uma religião anônima.
  • A respiração anaeróbica é a respiração sem ar, que não deve passar de três minutos.
  • O calor é a quantidade de calorias armazenadas numa unidade de tempo.
  • Antes de ser criada a Justiça, todo mundo era injusto.
  • Caracteres sexuais secundários são as modificações morfológicas sofridas por um indivíduo após manter relações sexuais.

(O que eles pensam sobre a televisão?)

Tema de redação: "A TV forma, informa e deforma"
  • A TV possui um grau elevadíssimo de informações que nos enriquece de uma maneira pobre, pois se tornamos uns viciados deste veículo de comunicação. A TV no entanto é um consumo que devemos consumir para nossa formação, informação e deformação.
  • A TV se estiver ligada pode formar uma série de imagens, já desligada não...
  • A TV deforma não só os sofás por motivo da pessoa ficar bastante tempo intertida como também as vista...
  • A televisão passa para as pessoas que a vida é um conto de fábulas e com isso fabrica muitas cabeças...
  • Sempre ou quase sempre a TV está mais perto de nosco... fazendo com que o telespectador solte o seu ...
  • A TV deforma a coluna, os músculos e o organismo em geral.
  • A televisão é um meio de comunicação, audição e porque não dizer de locomoção.
  • A TV é o oxigênio que forma nossas idéias.
  • ... por isso é que podemos dizer que esse meio de transporte é capaz de informar e deformar os homens...
  • A TV ezerce (ai!) poder, levando informações diárias e porque não dizer horárias.
  • E nós estamos nos diluindo a cada dia e não se pode dizer que a TV não tem nada a ver com isso...
  • A televisão leva fatos a trilhares de pessoas...
  • A TV acomoda aos teles inspectadores...
  • A informação fornecida pela TV é pacífica de falhas...
  • A televisão pode ser definida como uma faca de trez gumes. Ela tanto pode formar, como informar, como deformar


















...

C'est la vie

- quinta-feira, 5 de março de 2009


Achamos que sabemos de tudo, mas não temos idéia do que seja a vida!

Ao longo da vida vamos aprendendo, buscando novas idéias e adquirindo novos hábitos ... temos sonhos, às vezes esquecemos das coisas passadas... e a vida segue seu curso... mas quase nunca notamos as pequenas mudanças no nosso dia-a-dia. É preciso um "grande momento" - de realização ou decepção (na maioria das vezes decepção) - para nos ajudar a detectar todas essas pequenas coisas que levaram a esse ponto de mudança. Nos bons tempos, perguntamo-nos "como é que tenho tanta sorte?", "o que podemos fazer para continuar assim?". Para os momentos não tão bons, perguntamo-nos "onde eu errei?", "como não vi os sinais?", "podemos voltar atrás e mudar?", "como poderemos evitar isso daqui para frente?", ou simplesmente optar por ignorar isso tudo.

Agora tento perceber as coisas no meu dia-a-dia ... talvez isso me faça mais contemplativa... talvez me faça ser mais eficiente ... talvez eu reflita mais em minhas escolhas... talvez eu consiga ser mais ousada quando preciso ser ... talvez, talvez, talvez ...

Eu achava que sabia alguma coisa, mas a verdade é que não sei nada. Tenho muito ainda a aprender... e todos os dias é mais uma oportunidade para se aprender algo novo, ou redescobrir as antigas.

=)


Baixar Prisonworld - Lyriel

- terça-feira, 3 de março de 2009


Lyriel - Prisonworld (2005)
Formato: mp3
12 faixas:
  1. At Midnightsgate
  2. Prisonworld
  3. The Crown of Twilight
  4. Symmetry of Disfiguration
  5. The Singing Nightingale
  6. Lind E-Huil
  7. There's a Rainbow in the Rain
  8. The Judgment of my Harvest Heart
  9. Fate of Knowledge
  10. Day in June
  11. The Spring and the Flight
  12. Symmetry of Disfiguration (acoustic)
Link: Aqui!

Minhas preferidas: Todas? Hmmm... mas as mais preferidas são Prisonworld, The Crown of Twilight, Symmetry of Disfiguration, Lind E-Huil (cantada em Sindarin, linguagem criada por JRR Tolkien (The Lord of the Rings) e The Spring and the Flight.



Lyriel é uma banda de Folk Metal/Rock alemã que se formou no ano de 2003, em Gummersbach. A banda mantém-se inalterada desde a sua formação. O septeto designa sua música como "Dark Romantic Celtic Rock". Lyriel varia o repertório de medieval a baladas hard rock com elementos da música clássica e folclórica. É notável a utilização de instrumentos de corda clássicos. Pode-se dizer que a banda é uma mistura bem sucedida de "Blackmore's Night", "Within Temptation" e "Nightwish".
O primeiro álbum ("Prisonworld") foi lançado em 17 janeiro de 2005. Recomendo. =)

Lind E-Huil
(O Som do Vento)



Ir i ngelaidh pen-anor
Û-chirathach'waloth
Ir i meigol bem-meigor
Û-ortherithach i'oth
I suil degir nîr gelib
I suil û-degir siniath

Tiro, im naer a im ereb
Lind e-huil
Fuin nin pen-elenath

Suilon i suil, hirach gûr dîn?
Pedo i suil, henach dûr dîn?
Man i ven ir e bant?
Man i lû i men adertham?
Thuion i'ûl a ir idh, Thuion i'ûl a ir idh
Tiro, im naer a im ereb
Lind e-huil
Fuin nin pen-elenath

Laston i bethron lend
Olthon o mellon ne mith
Ir ivor a galad'evedir
Lachatha ninniach
Ir i naw a i ôl 'evedir
Tar i ven istathach
Ir i lû a i amarth erthar
I'lunnar hiratha lind
Os said bain en amar
I ven dôg na vîl a na nin
Oh Lind e-huil...

Enjoy it!

Cartoons de Mordillo

- segunda-feira, 2 de março de 2009
Guillermo Mordillo nasceu em Buenos Aires em Agosto de 1932. É um dos raros autores cuja obra tem marcado de forma inconfundível o imaginário de várias gerações, continuando ainda hoje a provocar um sorriso de felicidade a milhões de pessoas em todo o mundo, sem que para tal necessite de recorrer a uma única palavra ou som. As suas personagens, homens, mulheres e "bichos", todos eles pequeninos e curvilíneos, dotados de grandes narizes, conjugam de forma única e inimitável o racional com o absurdo, o possível com o impensável, surpreendendo-nos ainda hoje e ao fim de mais de trinta anos de carreira, pela sua poesia e encanto.

Alguns cartoons:


















Site oficial: http://www.mordillo.com

E o horror foi chamado... Nessie!

- domingo, 1 de março de 2009
O monstro do Lago Ness, também conhecido como "Nessie", é uma criatura ou um grupo de criaturas que acreditam que vive no Lago Ness, um profundo lago de água doce (conhecido na Escócia como um fiorde) perto da cidade de Inverness. Nessie é talvez o mais conhecido mistério da criptozoologia (estudo de "animais escondidos"; os criptozoólogos procuram desvendar os mistérios de criaturas que ainda não foram cientificamente classificadas).




História


  • Saint Columba (565 d.C.):

O primeiro relatório de um monstro associada às proximidades do Lago Ness foi a descrita por Adomnán, no século VII. Segundo a Adomnán, o monge Saint Columba estava nessa terra com seus companheiros, quando foi ao local enterrar um homem que fora afogado no lago Ness. Eles explicaram que o homem havia ido nadar no lago, quando foi atacado por um "monstro". Eles tentaram resgatá-lo em um barco, mas apenas foram capazes de arrastar o seu cadáver. Columba e o seu seguidor Luigne Moccu Min foram nadar no lago. A besta apareceu, mas Columba fez o sinal da cruz e ordenou que o monstro fosse para longe e não tocasse nele. A besta imediatamente foi embora como se tivesse sido "puxada para trás com cordas" e eles fugiram em terror. Ambos agradeceram pelo "milagre de Deus".
Aqueles que acreditam que exista um monstro no lago Ness freqüentemente apontam para esta história. No entanto, céticos afirmam que histórias de monstros eram extremamente comuns nas vidas de santos medievais e pode, além disso, em um artigo para Cryptozoology, AC Thomas observa que mesmo que houvesse alguma verdade na história, esta poderia ser explicada racionalmente, como por exemplo um encontro com uma morsa ou semelhante criatura que tenha chegado lá.

  • Spicers (1933) :

O moderno interesse pelo monstro foi suscitado pelo avistamento em 22 julho de 1933, quando George Spicer e sua esposa viram "um animal de forma extraordinária" atravessar a rua na frente do seu carro. Eles descreveram a criatura como tendo um grande corpo (cerca de 4 pés [1 m] de altura e 25 pés [8 m] de comprimento), um longo e estreito pescoço e um tronco um pouco mais espesso do que um elefante. Eles não viram os membros, possivelmente devido a estrada obscurecer a porção inferior do animal. A criatura deixou apenas um rastro de trincas subarbustivas em seu trajeto.
Em agosto de 1933, um motociclista chamado Arthur Grant alega ter quase atingido uma criatura que se aproximava de Abriachan no nordeste da costa, a cerca de 1:00 h da noite. Grant afirmou ter visto um longo pescoço e que a criatura o viu, cruzando a estrada de volta para o lago logo em seguida. Grant disse que largou sua moto e foi até o lago, mas apenas viu ondulações.
Em 5 de junho de 1933, uma jovem chamada Margaret Munro supostamente observou a criatura por cerca de 20 minutos. Ela alegou que era 6:30 h quando viu a cerca de 200 metros de distância a criatura em terra. Disse que a criatura tinha uma "pele de elefante", um longo pescoço, uma cabeça pequena e duas curtas barbatanas. O avistamento aparentemente terminou quando a criatura entrou na água.
Os avistamentos em terra continuaram até o ano de 1963, quando foi feita a gravação de imagens de baixa qualidade da criatura a vários quilômetros de distância.

  • C. B. Farrel (1943):

Em Maio de 1943, CB Farrel do Royal Observer Corps, desviou-se de suas funções por uma boa causa: um avistamento do "Nessie". Ele disse que foi a cerca de 250 metros de distância que avistou a criatura, que tinha de vinte a trinta pés (6-9 m) de comprimento corporal, e um pescoço com cerca de 4 - 5 pés (1,2-1,5 m) fora da água.

  • Contato com Sonar (1954):

Em Dezembro de 1954, um estranho contato foi feito por meio de um sonar de um barco de pesca, o Rival III. A tripulação do navio observou que o sonar fez a leitura de um grande objeto, em um certo ritmo com o barco a uma profundidade de 480 pés (146 m). Acompanharam o "grande objeto" em um percurso de meia milha (800 metros) antes do contato ser perdido. Muitas tentativas de contato com sonares haviam sido feitas anteriormente, mas a maioria foi inconclusiva ou negativa.


  • A "Fotografia do Cirurgião" (1934):

Uma das mais conhecidas imagens do Nessie é a "Fotografia do Cirurgião" (Surgeon's Photo), que muitos a considera uma boa prova da existência do monstro. Sua importância reside no fato de que ela era a única prova fotográfica de uma "cabeça e pescoço".
Supostamente tomadas por Robert Kenneth Wilson, um ginecologista de Londres, foi publicado no Daily Mail de 21 de Abril de 1934. Wilson recusou-se a ter seu nome associado à fotografia, e esta passou a ser chamada "Fotografia do Cirurgião".
Em 1979, alegou-se que era uma imagem de um elefante. Outros céticos na década de 1980 argumentou que a foto foi de uma lontra ou um mergulho de pássaro, mas depois Christian Spurling confessou que o "monstro" era um submarino de brinquedo com uma cabeça esculpida. Basicamente era um submarino de brinquedo com uma cabeça e pescoço de madeira plástica, construída por Christian Spurling, o genro de Marmaduke Wetherell, um grande caçador que tinha sido publicamente ridicularizado no Daily Mail. Spurling alegou que, para se vingar, Marmaduke Wetherell forjou, com a ajuda de Chris Spurling a escultura e pediram ao cirurgião Robert Kenneth Wilson para oferecer as imagens para o Daily Mail. A história do trote é contestada por Henry Bauer, que afirmou que a madeira plástica não existia em 1934
Alastair Boyd, um dos pesquisadores que descobriu a possível falsificação, argumenta que o monstro do Lago Ness é real e que o acontecimento não é motivo suficiente para indeferir relatórios e outras provas.



  • O Vídeo de Taylor (1938):

Em 1938, G.E. Taylor, um turista sul-africano, filmou algo no lago durante três minutos. O filme ficou em posse do Dr. Maurice Burton. No entanto, Burton se recusou a mostrar o filme para investigadores. Uma única imagem foi publicada em seu livro "The elusive Monster". Dr. Roy P. Mackal, um biólogo e criptozoólogo, declarou que o vídeo é uma "prova positiva". Posteriormente, o vídeo também foi mostrado para o Instituto Nacional de Oceanografia, agora conhecido como "Southampton Oceanographic Centre". Os peritos concordaram que o filme mostrou claramente que algo flutuava no lago.

  • O Vídeo de Dinsdale (1960):

Em 1960, o engenheiro aeronáutico Tim Dinsdale filmou algo côncavo passando pelas águas do lado Ness, diferente de qualquer coisa que se assemelhasse a um barco. Declarou-se que o objeto era "provavelmente um animal".
Em 1993 Discovery Communications fez um documentário chamado "Loch Ness Discovered", que apresentou o vídeo de Dinsdale. Um computador foi utilizado para aumentar o foco do vídeo e encontrou o que parecia ser um corpo mais duas "bolsas" semelhantes a barbatanas, como o corpo de plesiosaurus. Dinsdale disse: "Antes eu vi o filme e pensei que o monstro do Lago Ness não passava de uma lenda." Alguns contestaram esta conclusão, dizendo que o ângulo a partir da horizontal, juntamente com o ângulo do sol fez sombras subaquáticas improváveis.

  • O Vídeo de Holmes (2007):

Em 26 de Maio de 2007, Gordon Holmes, de 55 anos, fez a filmagem de um vídeo que mostra algo se movendo bastante rápido na água. Adrian Shine, um biólogo marinho, assistiu o vídeo e o analisou. Shine descreveu as imagens como "a melhor filmagem que ele já viu." A BBC da Escócia difundiu o vídeo em 29 de Maio de 2007. Adrian Shine foi entrevistado e sugeriu que as filmagens poderiam mostrar uma lontra ou uma ave aquática.

Explicações


Uma variedade de hipóteses têm sido criadas ao longo dos anos para explicar as visões do Monstro do Lago Ness.

Identificação incorreta de animais comuns

  • Pássaros

Um garçom chamado David Munro afirma ter assistido a uma sequência de zig-zags que ele acredita ser pássaros em mergulho. Um grupo de aves pode submergir na água e voltar a terra em seguida formando uma seqüência de ondas, como um objeto rompendo a superfície.

  • Enguia

A enguia gigante foi uma das primeiras hipóteses feitas. Elas se enquadrariam em muitos avistamentos relatados. Dinsdale indeferiu a proposta, porque as ondulações não condizem com as ondulações que as enguias provocam na água. Mas elas são animais de água salgada e a água do Lago Ness é doce; acredita-se que elas foram colocadas lá para serem vistas como "Mini-Nessies."

  • Elefante

Em 1979 um artigo do biólogo Dennis Power e do geógrafo Donald Johnson alegou que a "Fotografia do Cirurgião" se tratava de um elefante nadando, provavelmente de outro local, e foi fotografado. O artista e paleontólogo Neil Clark similarmente sugeriu que poderia ser o elefante de algum "circo viajante" que tenha ido ao lago para refrescar-se e que, portanto, teria sido fotografado.

  • Lontras

Quando visto através de um telescópio ou binóculos sem referência ao redor da imagem, é difícil avaliar o tamanho de um objeto da água. No Lago Ness é comum aparecerem lontras e as imagens poderiam se tratar de lontras nadando no lago.


Folclore

De acordo com o naturalista e autor sueco Bengt Sjögren (1980), as crenças de monstros no lago, como o Nessie, estão associados com velhas lendas dos kelpies. Ele afirma que as lendas, mudaram ao longo dos séculos, inicialmente descrevendo criaturas com aparência de cavalo, eles diziam que o "kelpie" iria sair do lago, transformar-se em um cavalo e devorar pessoas . Este mito era usado para manter as crianças longe do lago. Sjögren conclui que a lenda do kelpie tenha se desenvolvido nas atuais descrições do monstro Nessie, refletindo na moderna concepção dos plesiossauros. Em outras palavras, o kelpie da lenda, foi transformado em uma noção mais "realista" e "contemporânea" da criatura.



  • Fakes
O fenômeno provocou várias tentativas de ludibriar o público, alguns dos quais foram muito bem sucedidos. Outras farsas foram reveladas bastante depressa quando são submetidas a investigação.

Em 2 de julho de 2003: Gerald McSorely encontrou um fóssil supostamente pertencentes ao Nessie quando ele tropeçou e caiu no lago. Após o exame, tornou-se claro que os fósseis haviam sido colocados lá.

Em 2004, um documentário para um canal de televisão, utilizando efeitos especiais de filmes, tentou fazer com que as pessoas acreditassem que houve algo no lago. Eles construíram um "animatronic" de um plesiossauro e foi apelidado "Lucy". 600 avistamentos foram relatados nos locais em que se realizaram a farsa.

Em 2005, dois estudantes alegaram ter encontrado um grande dente no corpo de um cervo. Eles espalharam amplamente a notícia, até mesmo com a criação de um site, mas especialistas logo analisaram e revelaram que os "dentes" era um chifre de veado. O fake serviu para promover um romance de horror de Steve Alten intitulado, O Lago (The Loch).

De qualquer maneira, independentemente de existir ou não, o monstro do Lago Ness tem um significado muito importante para a economia local. Dezenas de hotéis, agências de turismo e comerciantes devem parte de seus lucros a esse monstro, embora as pessoas visitam o local também pelas belezas naturais existentes em Inverness.



Site recomendado:
http://www.lochness.co.uk (Mais informações sobre o lago, Nessie e imagens das câmeras que monitoram o lago 24 horas por dia.)

Back to Home Back to Top